Páginas

terça-feira, 9 de julho de 2013

Das pessoas arrogantes.

Arrogante é tudo que eu não sou e tão pouco quero ser.
Há gente que tem orgulho em ser arrogante, soberbo, nariz empinado. Acham-se a última bolacha do pacote, criticam tudo e todos e só veem os erro dos outros, sentem-se absolutamente capazes de julgar quem quer que seja apontando o dedo na cara da vítima sem dor nem piedade. E para piorar todo o diagnóstico dado, repetem diversas vezes, como um lema, a seguinte frase: “todos tem que me aceitar como sou, sou assim e pronto”.
Como que alguém em plena consciência quer ser aceite pelos outros se nem aceita as adversidades que o cerca?
A arrogância está tão entranhada dentro de si que não consegue ver mais nada além do seu próprio umbigo. Pessoas desse tipo acham que nunca erram, nunca são feias, nunca são ignoradas, que são inteligentes e "são as mais mais do top 10". Sustentam-se na ilusão de serem perfeitos. Mas... quando descobrem que não são, que erraram, que “pisaram o eixo” e que não possuem a vida perfeita que imaginavam: DESMORONAM. E vocês acham que eles aprendem com isso? Não! Eles pegam o primeiro idiota que estava ao seu lado, que dizia ser seu amigo e colocam toda a culpa na pobre criatura. "A culpa foi do outro, que me influenciou, que me fez errar, que fez e não devia ter feito, que disse e não devia ter dito!" E sendo assim, após a sessão descarrego de culpas nos outros, seguem felizes com as suas vidinhas medíocres, “perfeitas” e cor de rosa.  Até claro, errarem de novo e encontrarem outro otário pela frente.

O arrogante é fácil de identificar: nariz empinado, expressão de desdém, olha todo mundo por cima, como se fosse um ser superior. Na verdade, ele usa a arrogância como forma – doentia - de afastar a sua própria insegurança. Acha suas próprias idéias e opiniões muito mais importantes do que as outras pessoas. Pensa que é o centro do universo. O arrogante é inseguro e tem auto estima baixa. Evite discussões, porque isso reforça esses sentimentos e o torna ainda mais arrogante. Quando ele passar dos limites, diga-lhe isso com carinho e firmeza. Peça para reconsiderar sua atitude. Quando sua arrogância estiver em alta, afaste-se o máximo que puder, lembre-se de que esse tipo de comportamento é uma armadura, uma defesa que o arrogante pensa que tem. Perdoe-o por isso. Não se deixe abater por ele.

1 comentário:

Mamã de Peep-Toe disse...

São o tipo de pessoa que eu mais desprezo. Normalmente,trato-os de igual,para ver se gostam do próprio veneno!