Páginas

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Não há nada mais triste e desolante que verificar que com a passagem do tempo aquela pessoa que conhecemos afinal não é bem aquilo que mostrou ser. Deixa cair a máscara...
E puf! Descobrimos a sua verdadeira essência e o seu verdadeiro caráter.
Se estou muito surpreendida?
Não! É só mais um murro no estômago. Já levei tantos.


4 comentários:

teardrop disse...

O pior é que parece que essas pessoas não se importam e não sofrem com nada. Não sei se são felizes apesar de o aparentarem. Custa quando nos desiludem, mas temos sempre que ver que talvez seja melhor descobrir a verdadeira essência da pessoa, infelizmente!

Lacorrilha disse...

Lamento, Ju.
São esses murros no estômago que nos tornam pessoas mais amargas. Tb tenho tido a minha dose.

Lisbo@ disse...

Nem sei que te diga... mas felizmente há excepções. Beijinho

Jo disse...

Há pessoas que nos desiludem mesmo. Pior, que agem como se não fosse nada, como se não tivessem feito nada, sem um pedido de desculpas, sem um 'lamento'. Ignoram e pronto. Acho que isso diz ainda mais do carácter delas.