Páginas

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

há coisas sobre as quais não se nos ocorre dizer nada, talvez por serem tão difíceis de digerir. a morte em qualquer altura da vida é uma situação péssima, mas a morte de uma criança que conhecemos é arrepiante.
hoje foi um dia triste. 
o g. tinha 13 anos, sentiu-se mal na aula de educação física e apesar de todos os esforços não foi possível a sua reanimação. a mãe é professora naquela escola.
a dor daqueles pais, daqueles irmãos, daquele professor, daqueles colegas... é uma coisa absolutamente indescritível.
não sou mãe, mas se há coisa que me apavora é a ideia de perder um filho. 

8 comentários:

disse...

Que pesadelo........

medusa disse...

porra!!! que situação horrível

Lacorrilha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudia Esteves disse...

ouvi a notícia na rádio.. :(

Jo disse...

Li ontem a notícia por alto... Nem consigo imaginar a dor...

Lacorrilha disse...

Qualquer morte de um dos meus me apavora. Ainda não sou mãe para entender o tal amor maluco de que falam, mas penso já conseguir fazer uma ideia do que será.
Que Deus não falte com amparo a esses pais.

Little Star disse...

Não csg sequer imaginar. Só de tentar fazê-lo, já dói horrores! ='(

Green disse...

Que horror!