Páginas

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

nothing has changed, but as I changed, everything changed

mesmo que tropecemos umas quantas vezes na vida, e o normal é tropeçarmos, é na queda que percebemos a consistência da nossa força, o limite da nossa resistência, a capacidade de perdoar (e de nos perdoarmos), e de como a vida pode ser deliciosamente surpreendente quando simplificamos, relativizamos e nos tornamos impermeáveis a tudo o resto.
uma mudança de atitude implica, mais cedo ou mais tarde, uma mudança de vida.
matemática pura ao serviço da felicidade humana.



2 comentários:

medusa disse...

estou exactamente nessa fase, depois da queda a mudança...que há-de vir

Miss Betterme disse...

É isso mesmo!
Bjs