Páginas

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Que parva que eu sou.

Na Segunda-Feira não tinha nada para fazer, e deu-me na maluqueira de ir cortar o cabelo.
Asneira!
Já estava cansada do meu cabelo, estava comprido e sem graça nenhuma. Estava cansada de me ver sempre com o mesmo penteado.
De maneiras que levou um corte quase radical. E ainda me estou a habituar. E não está a ser nada fácil.
Mas agora já não há nada a fazer, a não ser deixar o tempo passar para que ele volte a crescer.

4 comentários:

D. disse...

Só fiz isso uma vez e arrependi-me muito. O meu, na altura, namorado não me falou um dia inteiro. Nada a fazer. É deixar crescer e aprender com o erro!

José Fernando Rosa disse...

Eu gostei de ver.. Ao início é assim, não gostamos mas com o passar do tempo habituas-te... Tb não gostava muito da franja, mas depois... Fica te bem!!

Lacorrilha disse...

Xi, Deus me livre, meu rico cabelo.

Mami ( Sónia ) disse...

oh que pena que não gostas de te ver, mas é como dizes ele volta a crescer!