Páginas

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Esta pequena foi abandonada à cerca de um mês aqui na minha zona. Quando a vi a primeira vez metia dó. Os ossitos escanzelados viam-se todos a olho nu. Metia impressão.
Tentei dar-lhe de comer. Mas ela fugia com medo, sem deixar que ninguém se aproximasse dela.
Hoje já não tem comparação.
Por aqui foi ficando, e perdendo o medo das pessoas. Vão-lhe dando comida que ela agradece com o olhar terno. De vez em quando levo-lhe restos das refeições escolares, quando saio para almoçar já ela está à minha espera. Já nem parece a mesma. Até já ladra quando está desconfiada com alguma coisa.
E houve quem lhe fizesse uma camita improvisada num sítio mais abrigado.
Tem alguma dificuldade em dobrar as patitas traseiras, penso que estarão deslocadas. Algum acidente que lhe aconteceu. Coitadita.
Não a posso levar para casa porque já tenho três, mas vontade não me falta.

Não tenho respeito nenhum por estes donos que não têm coração e fazem estas atrocidades aos animais.

1 comentário:

Lacorrilha disse...

Desejo muito sofrimento a quem abandonou esse pobre animal.